EVOÉ BACO!!!

BEM-VINDO AO BACANAL DAS ARTES!

UM CANAL PARA INTERAÇÕES, DISCUSSÕES, INDICAÇÕES DE TRABALHOS ARTÍSTICOS, CURIOSIDADES E AFINS...

COMENTEM E INTERAJAM!!!

ps: A imagem de apresentação do Blog foi criada por MARCIO BENVENUTO. Cada letra do nome do blog é formada por uma imagem corporal feita por dois artistas de nomes desconhecidos.

4 de nov de 2010

Cia Carroça de Mamulengos estréia novo espetáculo e segue temporada no Rio - RJ

clique na imagem para ampliar
FELINDA
Um dia uma moça, nem feia e nem linda, sonhou em fugir com o circo. Fez suas malas, mas quando foi procurá-lo, o circo já havia baixado a lona e partido. Vendo-se sozinha, desatinou: esqueceu seu nome e de onde vinha. Só não esqueceu o circo e permaneceu esperando. Eis que, evocado por suas lembranças, o circo aparece trazendo uma charanga de palhaços, quatro gêmeos distintos, uma bailarina tímida, bonecos reais e seres imaginários que rondam o picadeiro de sua memória. E tudo sempre começa de novo. Uma velha, nem feia e nem linda, sonha em fugir com o circo...
Ficha técnica
Elenco: Boi Soberano, Schirley França, Maria Gomide, Francisco Gomide, João Gomide, Mula Sem Cabeça, Pedro e Mateus Gomide, Isabel e Luzia Gomide, Jaraguás Rosa e Florinda, Ana Rosa Guedes, Beto Lemos, Urubu Limpa-Mundo e Felinda.
Direção: Alessandra Vannucci
Roteiro: Carroça de Mamulengos
Dramaturgia: Carroça de Mamulengos e Alessandra Vannucci
Poesias: Antonio Gomide
Cenografia: Fernando Melo/Rostan
Figurinos: Zaza Lira
Trilha sonora original: Beto Lemos
Desenho de som: Leandro Lobo
Desenho de luz: Renato Machado
Assistente de direção: João Gioia
Cenotecnico: Dodô Giovannetti
Confecção de figurinos: Ateliê de costura Adélia Andrade (Adélia Andrade, Teca Fichinski, Meury Amaral, Celma Vieira e Maria José de Miranda)
Criação e confecção dos bonecos: Carlos Gomide, Antonio Gomide, Maria Gomide, Francisco Gomide, Schirley França e Ateliê de costura Laço de Fita (Jô Maria e Lucia Quintina)
Criação e confecção de máscara: Carlos Gomide
Preparação corporal circense: Bruno Carneiro e Mia Ferreira
Preparação corporal Felinda: Joel Rocha
Preparação vocal: Marcelo Rodolfo
Projeto gráfico: Flavia Correia
Fotografias: Mauro Kury
Produção executiva: Ana Clara Rizério e Alex Nunes
Equipe de produção: João Eizo, Ludmilla Teixeira, Pedro Yudi e Roberto Jerônimo
Direção de produção: Sérgio Saboya
Assessoria de imprensa: Érica Avelar (RPM Comunicação)
Revisão: Angela Pecego

CARROÇA DE MAMULENGOS Carlos Gomide começou a trabalhar com arte em 1975 em Brasília, junto ao diretor Humberto Pedrancini em um grupo chamado Carroça. Participou de duas montagens: “Pedro Malazartes” - texto de Maria Helena Kuhner, e “Cidade que não tinha rei” - montagem coletiva.
Com o dissolvimento do grupo Carroça, Carlos herdou o nome “Carroça” e começa a traçar um caminho próprio.
Em 1982, na passagem da Cia. Carroça por Brasília, Carlos conhece Schirley França, então com dezessete anos, que tornou-se sua esposa e integrante do grupo.
Com o nascimento dos filhos: Maria - 1984, Antonio - 1986, Francisco -1988, João - 1990, Pedro e Mateus -1995, Luzia e Isabel -1998, houve a necessidade de criar uma concepção cênica que possibilitasse a participação das crianças dentro de uma consciência de que vida e arte se complementam. Assim, de forma orgânica, Carlos e Schirley foram integrando conceitos de arte e educação na formação dos filhos que, desde sempre, acompanham seus pais em sua itinerância pelo país. Em cena transformam arte em vivência.

É assim que em função do amadurecimento de cada filho, naturalmente, a dança, a música, o canto, os bonecos e os elementos circenses foram incorporados às brincadeiras.

O picadeiro, para essa família, é sagrado, é a extensão do próprio lar. Hoje, a Companhia Carroça de Mamulengos apresenta suas brincadeiras por praças, feiras, ruas, teatros e festivais. Trilha um caminho de fé, acreditando na vida e na arte como meio capaz de tocar profundamente os corações de homens, mulheres e crianças. Abraça o Brasil e por ele é abraçado.


FELINDA
de 06 de novembro à 19 de dezembro de 2010
Teatro Municipal do Jockey
Rua Mario Ribeiro, 410 - entrada de automóveis
Rua Bartolomeu Mitre, 1110 - Gávea - entrada de pedestre

fonte: Cia Carroça de Mamulengos (via orkut)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Participe! Interaja!