EVOÉ BACO!!!

BEM-VINDO AO BACANAL DAS ARTES!

UM CANAL PARA INTERAÇÕES, DISCUSSÕES, INDICAÇÕES DE TRABALHOS ARTÍSTICOS, CURIOSIDADES E AFINS...

COMENTEM E INTERAJAM!!!

ps: A imagem de apresentação do Blog foi criada por MARCIO BENVENUTO. Cada letra do nome do blog é formada por uma imagem corporal feita por dois artistas de nomes desconhecidos.

29 de set de 2010

SCENOFEST 2011 – Inscrições abertas!

Esta é a oportunidade para que mais de 2000 alunos do mundo inteiro se encontrem e trabalhem com profissionais de vários países nos campos da iluminação, sonoplastia, mídias digitais, projeções, figurinos, teatro de animação, cenografia, artes de instalações, técnicas teatrais, desenhos, dramaturgia, direção, arquitetura cênica, teatro virtual etc.
Os eventos acontecerão durante a Quadrienal de Praga, que vai de 16 a 26 de junho de 2011.
Garanta já a sua vaga! Dois projetos estão com vagas abertas no momento:

Seis Atos (Six Acts), uma oportunidade para criar espetáculos site-specific em prédios e outros espaços ao redor de Praga, liderados por proeminentes artistas
Data limite para inscrições: 30 de Outubro de 2010

- Performances e instalações apresentadas por escolas ou grupo de estudantes nas ruas de Praga ou estória contadas por meio do som e/ou da iluminação em ambientes fechados (disk stories)
Data limite para inscrições: 30 de Outubro de 2010

As inscrições para os Workshops da Scenofest estarão abertos a partir de 15 de janeiro de 2011.
Mais informações no site www.scenofest.org

fonte: vestindo a cena/Rosane Muniz (via e-mail)

Circuito Universitário de Cultura Eletrônica acontece até dia 01/10 em Belo Horizonte - MG

clique na imagem e confira a programação

O Circuito Universitário de Cultura Eletrônica 2010 é composto por uma série de intervenções culturais, apresentações musicais, debates e workshops, tendo como palco faculdades, centros universitários e universidades de Minas Gerais. O evento representa a celebração do acordo cultural entre a Revista Pura, o FAD (Festival de Artes Digitais) e o Centro Universitário Newton Paiva. Inovador, o projeto se mostra de grande valor para o desenvolvimento cultural e social dos alunos em relação ao que existe de mais inovador na cultura do entretenimento eletrônico. Além de apresentar novas expressões artísticas e musicais, o Circuito ainda faz uma abordagem do ponto de vista mercadológico, aproximando e expondo os alunos a um mercado em franco crescimento, repleto de novas oportunidades profissionais.

Para conferir a programação, clique na imagem acima.

fonte: Assessoria Vinicius Lacerda (via e-mail)

Professores de cursinhos pré-vestibulares discutem literatura brasileira em bibliotecas de São Paulo - SP

clique na imagem para ampliar

No Projeto "A hora e a vez do vestibular", as Bibliotecas públicas de São Paulo recebem professores de cursinhos que analisam e discutem as obras da literatura brasileira que são exigidas nos principais vestibulares da Capital. Para conferir a programação, clique na imagem acima.
fonte: sistema municipal de bibliotecas (via e-mail)

Festival do Sapateado começa hoje em Paulínia - SP

Cidade de Paulínia, em São Paulo, recebe a 11ª edição do Brasil International Tap Festival

Entre os dias 29 de setembro e 02 de outubro de 2010, a cidade de Paulínia, interior de São Paulo, se transformará na capital nacional do sapateado. O Brasil International Tap Festival é o mais importante evento do gênero no país. Organizado pela bailarina e coreógrafa Christiane Matallo, o evento chega a sua 11ª edição trazendo ícones do sapateado nacional, como Patricia Stellet (São José dos Campos), Luizz Baldijão (Campinas, SP), Tribo do Tap Uai Q Dança (MG), e dos internacionais Steven Haper (EUA), Aaron Tolson (EUA), Maud Arnaud (EUA) e Jason Samuels Smith (EUA), este último vencedor do prêmio Emmy Awards (EUA) pela coreografia na abertura de “Telethones”, programa de TV do comediante Jerry Lewis. O Festival é realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Paulínia, por intermédio do projeto Paulínia Ao Vivo.

Uma intensa programação - que envolve espetáculos de sapateado e aulas para iniciantes e profissionais - toma conta do Theatro Municipal de Paulínia, referência arquitetônica na região, projetado pelo arquiteto Ismael Sole, também coordenador geral da construção da Sala São Paulo (sede da OSESP), na capital paulista.

O Brasil International Tap Festival é tradicional em trazer profissionais com linguagens e pensamentos diversos, fato que colabora com a construção de um pensamento mais crítico do profissional envolvido com a arte do sapateado. Trata-se de um grande encontro entre estudantes e professores, que durante as aulas e oficinas agendadas no Theatro, presenciarão ensinamentos de alto nível. É também uma oportunidade única para o público, que tem a chance de assistir apresentações de profissionais que fazem a diferença no show business da dança no Brasil e no exterior.

Dia 30 de setembro, ás 20h30, haverá a “Mostra Avaliada” no palco do Theatro Municipal de Paulínia de diversas escolas, companhias e grupos importantes do sapateado, com entrada franca. Na platéia desta noite professores convidados para a banca de jurados farão comentários por escrito das obras apresentadas.

A programação do dia 1º de outubro conta com a Tap Jam – apresentação de improviso e desafio de sapateado, acompanhado de música da banda de Gilberto Syllos e explicações sobre as técnicas e passos utilizados. Será uma “roda” de sapateadores, onde cada um vai apresentar as suas técnicas. Um verdadeiro exercício de aprendizado e intercâmbio entre os artistas.

O Lounge do TAP será um espaço físico na área interna do Theatro, que funcionará durante todo o período do Festival, onde os participantes e público em geral encontrarão uma cafeteria, produtos especializados para dança e sofás. Um local de interação e que promete ser o verdadeiro point do Festival.

PROGRAMAÇÃO

Abertura - Dia 29 de setembro de 2010, quarta-feira, às 20h30
Gala Tap”, espetáculo de sapateado com artistas nacionais e internacionais. Convidados da noite: Christiane Matallo (BR), Jason Samuels Smith (EUA), Aaron Tolson (EUA), Maud Arnold (EUA), Steven Harper (EUA), Gilberto de Syllos (BR), Patricia Stellet (BR), Luizz Baldijão (Campinas, SP), Tribo do Tap (MG) Grupo criado no coração do Studio Uai Q Dança em 1990, com direção de Fernanda Bevilaqua, KS Cia. de Sapateado (BR) Kika Sampaio é pioneira do sapateado americano no Brasil. Fundou a companhia em 2007 com o objetivo de integrar os sapateadores brasileiros, e mostrar novos coreógrafos e trocar experiências profissionais.

Dia 30 de setembro de 2010, quinta-feira, às 20h30, gratuito
Mostra com avaliação

Dia 1º de outubro de 2010, das 17h30 às 18h30, gratuito
TAP JAM – desafio de sapateado

SERVIÇO
Brasil International Tap Festival
LOCAL: Theatro Municipal de Paulínia – Paulínia, SP
Av. Prefeito José Lozano Araújo, 1551 – Parque Brasil 500 – telefone (19) 3933-2140

Para os espetáculos, os Ingressos são gratuitos e podem ser retirados com uma hora de antecedência na bilheteria do Theatro municipal de Paulínia

fonte: Canal Aberto (via e-mail)

Teatro Arthur Azevedo (MA) - Informativo e Programação do mês de outubro


clique na imagem para ampliar

20 de set de 2010

V Festival Nacional de Choro acontecerá em cinco capitais brasileiras - PA, MA, MG, RS e DF

clique na imagem para ampliar

Em comemoração aos 10 anos da Escola Portátil de Música - hoje forte referência em ensino de música no Brasil - o Instituto Casa do Choro e a Fundação Nacional de Arte - a Funarte, apresentam o V Festival Nacional de Choro, que será realizado por uma equipe de grandes nomes da música instrumental brasileira, nos meses de outubro e novembro de 2010, em todas as regiões do Brasil, nas cidades de Belém, São Luís, Brasilia, Belo Horizonte e Porto Alegre. Essa edição homenageia o grande compositor e violonista pernambucano Jaime Florence - o Meira.

À exemplo das quatro edições anteriores, o V Festival Nacional de Choro tem caráter educativo e suas atividades são voltadas para a divulgação e a preservação do choro - o gênero mais antigo e rico da música instrumental do Brasil, presente desde o século XIX em todas as regiões do país e a maior escola de instrumentistas da música popular da nossa história.

O principal objetivo do V Festival Nacional de Choro é divulgar o repertório do choro produzido por compositores do passado e contemporâneos, traçando um panorama da riquíssima produção através de cerca de 150 anos de história, contemplando compositores de todas as regiões do país cujas obras fundamentam os princípios dessa arte e, sobretudo, garantir acesso gratuito a informação tão relevante a músicos e estudantes de música de todo o país.

As atividades:
• Oficinas de 6 instrumentos com duração de 4 dias
• Um show de abertura em cada cidade
• Um concerto didático em cada cidade
• Uma apresentação final dos alunos das oficinas juntamente com os professores

As oficinas de instrumentos são gratuitas e direcionadas a músicos e estudantes de música, sendo admitidos iniciantes apenas nas oficinas de pandeiro e percussão.

Período de Inscrição
De 15/09/2010 até 15/10/2010 somente através do site http://www.escolaportatil.com.br/

PRODUÇÃO LOCAL SÃO LUÍS:
André Lobão - TRAMA Consultoria em Cultura e Turismo
INFORMAÇÕES EM SÃO LUÍS:
98 8145 7891 / a-lobao@hotmail.com / tramaconsultoria@gmail.com
fonte: André Lobão (via e-mail)

Grupo de Teatro Uruguaio se apresenta no Rio de Janeiro em curta temporada - RJ


GATOMAQUIA
da novela de Lope de Vega
encenação de Héctor Manuel Vidal
com La Cuarta Colectivo Artístico [Uruguay]

Adaptado da novela de Lope de Vega, Gatomaquia conta as confusões de dois gatos – Marramaquiz e Micifuf – às voltas pelo amor da bela Zapaquilda. Metaforicamente, os personagens revelam os méritos e deméritos da condição humana. A versão para o palco de Héctor Manuel Vidal transformou a obra em versos num criativo jogo teatral.

Teatro Poeira
Rua São João Batista 104, Botafogo. Telefone: 2537-8053
Bilheteria: 3ª a sábado de 15h às 21h e domingo de 15h às 19h
Temporada: 24, 25 e 26 de setembro (únicas apresentações)
Horários: sexta e sábado às 21h e domingo às 19h
Ingresso: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Capacidade de público: 182 lugares
Classificação indicativa: Livre
Duração: 85 minutos

Projeto Puente: Nos dias que antecedem as apresentações no Rio de Janeiro, o encenador Hector Manuel Vidal ministrará a oficina "A escolha do repertório - do romance ao teatro" nos dias 21 a 25/9, de 14h às 18h. O público alto são autores, diretores, atores e teóricos. As inscrições podem ser feitas por telefone ou pelo e-mail teatropoeira@teatropoeira.com.br.

fonte: Ney Motta (via e-mail)

Projeto BEM CASADO, no Teatro de Dança - SP


Ricardo Fornara na foto

O programa Bem Casado, que acontece nos dias 24, 25 e 26 de setembro no TEATRO DE DANÇA (instituição da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação Paulista de Amigos da Arte - APAA), apresentará no mesmo palco e na mesma noite, espetáculos de dois diferentes artistas, porém, ambos com trajetórias ligadas pela arte que respiram: a dança. A coreógrafa e bailarina Célia Gouvêa e o bailarino Ricardo Fornara encenarão respectivamente “Romance de Dona Mariana” e “Preparativos de Viagem”. O projeto proporcionará o encontro da arte de Célia e Ricardo, que fez parte do Célia Gouvêa Grupo de Dança durante 17 anos, atuando como intérprete criativo e assistente de coreografia e de produção.
Célia Gouvêa entrará primeiro no palco com “Romance de Dona Mariana”, coreografia-solo criada em 1994 em comemoração aos 20 anos de dança contemporânea da artista. Célia mostra uma mulher de origem ibérica oprimida e julgada num tribunal, em uma coreografia que encontra sua dimensão na política da atualidade, levando em conta o tratamento imposto às mulheres de determinadas culturas ainda hoje. A cenografia – enxuta, valorizando unicamente a coreografia – é composta por seis cadeiras e a trilha sonora traz a música tradicional portuguesa proveniente da região do Algarve, ao sul de Portugal, com forte batida rítmica de origem árabe. “Romance de Dona Mariana” é produto da pesquisa realizada por Célia Gouvêa sobre as origens e particularidades da dança brasileira, correspondendo a seu braço ibérico.
Ricardo Fornara entra na seqüência e estreia seu mais novo trabalho solo, “Preparativos de Viagem”. A coreografia - que incorpora conceitos do Kung Fu, além de inspirar-se na observação de estátuas nos cemitérios São Paulo e da Consolação - mostra um indivíduo que passa por um intervalo de isolamento, no qual abandona suas fixações para partir em busca da individuação. Durante os preparativos para essa partida, ele sofre algumas metamorfoses, pelas quais todo homem passa em seu processo de amadurecimento.
A coreografia objetiva expor os conflitos psicológicos desse indivíduo em seu percurso para atingir e transpor o limiar de partida, valendo-se de uma dança teatral baseada na ação que cada tema propõe e dando a cada um deles forma, ritmo e expressão próprios. A pesquisa baseou-se, entre outros, no livro “O Herói de Mil Faces”, de Joseph Campbell.
TD - Teatro de Dança - Secretaria de Estado da Cultura
APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte
Avenida Ipiranga, 344 - Subsolo, Edifício Itália - São Paulo, SP, Brasil - Metrô República
Email: info.teatrodedanca@apaa.org.br Telefone da bilheteria: 2189 2555
Informações: 2189 2557 Capacidade: 278 lugares/Ar-condicionado ///Acessibilidade para pessoas com necessidades especiais

16 de set de 2010

Núcleo Passo Livre inicia segunda fase do projeto Selvagem Poeta Dançarino - SP


Grupo faz pesquisa sobre a interação entre dança, poesia, literatura e vídeo

Com o apoio do Programa de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo, o Núcleo Passo Livre inicia em 17 de setembro de 2010, no Espaço Cariris, em São Paulo, a segunda parte do projeto Selvagem Poeta Dançarino, composto pela remontagem e circulação de três espetáculos do seu repertório que trabalham na interface dança/literatura - Agosto (17 a 26 de setembro), A Pulga (19 de setembro e 6 de outubro) e Ancas da Tradição (15 a 24 de outubro) - e pela primeira edição do FestiVaia (1 a 10 de outubro), em homenagem dupla: ao Viva Vaia de Augusto de Campos e a Jean Cocteau, poeta francês, grande colaborador das companhias de vanguarda da dança do começo do século XX. Paralelamente a esses eventos, o grupo realiza uma pesquisa para o próximo trabalho, em 2011, livremente impulsionado pelo O Inferno de Wall Street do poema O Guesa, de Sousândrade.
Espetáculo Agosto
Dias 17 e 18 setembro e 24, 25 e 26 setembro de 2010
Sextas 21h, sábados 18h e 21h e domingos, 19h
Sinopse: Agosto inspira-se livremente no romance homônimo de Rubem Fonseca. A concepção busca, juntamente com a música e as projeções, compor um tecido de imagens que retratam a tragédia dos três personagens centrais, sob a tragédia maior de Getúlio Vargas, que assinala um dos momentos cruciais da vida brasileira.
Ficha Técnica: Núcleo Passo Livre - Anderson Anastácio, Eliana Cavalcante, Marcelo Prado, Norma Duarte, Sofia Cavalcante música: Lívio Tragtemberg figurino: Adriana Vaz cenário e vídeo: Alexandre Geraldes e Raquel Zuannon direção: Eliana Cavalcante e Sofia Cavalcante produção: Amalia Tarallo e Rute Viais

Espetáculo A Pulga
Galeria Olido - 19 de outubro de 2010 – horário: 19h
Av. São João, 473 – sala Paissandu – Centro - São Paulo – Fone: 011 3331 8399 Duração: 50 minutos Entrada franca
Sinopse:Livremente inspirado no poema homônimo de John Donne, poeta inglês contemporâneo de Shakespeare. Dois versos resumem a intenção do poema: "Ela sugou-me a mim e a ti depois, mesclando assim o sangue de nós dois..."
Ficha Técnica:Direção, concepção de cena e vídeo: Eliana Cavalcante e Sofia Cavalcante Elenco: Anderson Anastácio, Eliana Cavalcante, Marcelo Prado, Norma Duarte, Sofia Cavalcante Interventores: Eduardo Sô, Emilie Sugai, Márcia Madalloni, Marcos Moraes, Paula Salles, Ricardo Fornara, Soraya Sabino Luz: Ricardo Bueno

Espetáculo Ancas da Tradição
15 a 24 de outubro de 2010
Sextas 21h, sábados 18h e 21h e domingos, 19h Duração: 45 minutos Recomendação: 10 anos
Sinopse:Ancas da Tradição é um espetáculo experimental, multimídia, que tem como fio condutor uma montagem de canções do CD homônimo do Tom Zé, The Hips of Tradition. O tema do trabalho é a relação do corpo humano com a miríade de imagens sem corpo que nos circunda: fotos, outdoors, imagens de TV e cinema, sons de rádio. "Trazer o corpo para os pincéis da eletrônica, fazendo cócegas nas tradições..."
Ficha Técnica:Direção, concepção e coreografia: Eliana & Sofia Cavalcante Elenco: Anderson Anastácio, Eliana Cavalcante, Marcelo Prado, Norma Duarte, Sofia Cavalcante Música: Tom Zé
Projeto visual: Heloísa Passos, Tina Vieira, Eli Sumida, Sérgio De Divitiis, Val Sampaio
Cenografia: Lúcia Chedieck & Tina Vieira Iluminação: Lúcia Chedieck Figurino: André Lima Gravação e mixagem: Cid Campos, Manny Monteiro e Leonardo Bitar Operação luz: Ricardo Bueno
Espaço Cariris
Preço: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia-entrada) Recomendação: maiores de 10 anos
Rua Cariris, 48 CEP 05422-020 Pinheiros São Paulo SP
Fone/fax (11) 3811.9681
www.ecariris.art.br
fonte: canal aberto assessoria de imprensa (via e-mail)

O Escritor na Biblioteca - SP

clique na imagem para ampliar

Informamos que o encontro com o escritor Xico Sá na Biblioteca Prestes Maia dia 20 não acontecerá.

fonte: http://www.bibliotecas.sp.gov.br/

15 de set de 2010

O Miolo da Estória estréia em São Luis - MA

clique na imagem para ampliar

O Miolo da Estória, de Lauande Aires, traz à cena a vida e os sonhos de João Miolo, operário da construção civil e brincante de bumba meu boi, que tem uma vida comum a tantos outros operários: casa humilde, vida sofrida e uma enorme solidão. Mas, em meio a tudo isso, João sustenta o desejo de ainda vir ser cantador no boi em que brinca e ocupar uma posição de destaque na vida.
O espetáculo apresenta o homem em conflito com a fé e suas relações sociais.

Estreia- 18 de setembro 2010
Local: Teatro Alcione Nazareth
Hora: 20h
Valor ingresso: R$ 10,00

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia, direção, atuação, músicas e cenografia: Lauande Aires
Iluminação: Eliomar Cardoso e Jarrão
Fotos: Ayrton Valle
Treinamento de brincante: Leonel Alves
Produção e realização: Santa Ignorância Cia. de Artes
Consultoria Artistica: Antônio Freire, Leonel Alves, Manoel Freitas e César Boaes
fonte: Lauande Aires (via e-mail)

Noite Maranhense no Rio de Janeiro - RJ

clique na imagem para ampliar
Tambores e Flores - Noite Maranhense, dia 16 de setembro, 20 horas, no Espaço Atmosfera na Fundição Progresso.

Shows de Rosa Reis, Yeda Maranhão, roda de tambor de crioula, exposição e lançamento do livro "Tambor de Crioula" de Gabriel Jauregui e Micaela Vermelho.

Ingressos:
R$ 10,00 antecipado
R$ 15,00 na hora
R$ 8,00 lista amiga
fonte: Rosa Reis (via e-mail)

Oficina de Cultura Digital no Recife - PE

clique na imagem para ampliar

Abertas as incrições pra oficina STREAMING + ARTE + CULTURA DIGITAL, com Felipe Machado, no CFAV.

Inscrições gratuitas até 22 de setembro.
Aulas de 27 de setembro a 08 de outubro.

Mais informações, amplie o e-flyer.

CFAV – Centro de Formação em Artes Visuais
e-mail: cfav.recife@gmail.com I cfav.oficinas@gmail.com
81 3355.3153
81 3355.3152
fonte: CFAV (via e-mail)

Mostra BNB da Canção Brasileira Independente - CE

De 15 a 30 de Setembro a Mostra BNB da Canção Brasileira Independente homenageia o “Artista Independente”.

Eles propagam em suas localidades as experiências vivenciadas a partir de duas vertentes: diversidade e identidade.

Alheios as adversidades, participam de todas as etapas da produção de seus respectivos trabalhos, indo desde o processo de composição, passando pelo registro, assinatura de contratos, até à elaboração da apresentação junto ao publico consumidor, primando pela fusão de elementos culturais locais, regionais e planetários.

Tudo isso interagindo em perfeita sintonia, no espaço aberto pelo Banco do Nordeste, principal instituição financeira do Governo Federal dedicada às questões de desenvolvimento sustentável da Região Nordeste, para agregar e promover novos e veteranos talentos da música independente brasileira."

Programação:

DIA 15, QUARTA-FEIRA

12h Isaac Cândido (CE).
17h Suco Elétrico (RS).
19h Criolina (MA).

DIA 16, QUINTA-FEIRA

12h Roraima (PI).
17h Beto Brito (PB).
19h Marku Ribas e Trio (MG).

DIA 17, SEXTA-FEIRA

12h Khalil Gibran (CE).
17h Curumin (SP).
19h Khrystal (RN).

DIA 18, SÁBADO

12h Gustavo Portela (CE).
17h Marquinho Sathan (RJ).
19h Breculê (CE).

DIA 22, QUARTA-FEIRA

12h Marcus Caffé (CE).
17h Fhátima Santos (CE).
19h Mirianês Zabot (RS).

DIA 23, QUINTA-FEIRA

12h Rodger Rogério (CE).
17h Nayra Costa (CE).
19h George Israel (RJ).

DIA 24, SEXTA-FEIRA

12h Perfume de Gardênia (RN).
17h Carlinhos Nação (CE).
19h Érika Machado (MG).

DIA 25, SÁBADO

12h Soraya Castello Branco (PI).
17h Sueldo Soares (RN).
19h Fire Friend (SP).

DIA 29, QUARTA-FEIRA

12h Mel Mattos (CE).
17h Aline de Lima (MA).
19h Quinteto Agreste (CE).

DIA 30, QUINTA-FEIRA

12h Andréa Piol (CE).
17h André Marinho (RJ).
19h Daúde (BA).


Mostra BNB da Canção Brasileira Independente
De 15 a 30 de Setembro
No Centro Cultural BNB-Fortaleza
Entrada Franca
fonte: Caldeirão das artes (via e-mail)

10 de set de 2010

Vivência no Teatro de Dança promove Baile Moderno - SP

foto: João Caldas
Dance no Teatro de Dança apresenta edição do “baile moderno”, coordenado por Célia Gouvêa.

O TD Teatro de Dança (instituição da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação Paulista de Amigos da Arte - APAA) promove a cada terceira 4ª feira do mês o evento Dance no Teatro de Dança. No dia 15 de setembro de 2010 haverá um “Baile Moderno” especial, conduzido pela coreógrafa Célia Gouvêa, com entrada franca.

A intenção do baile é que seja uma prática lúdico-criativa de composição coreográfica, em que o objetivo maior seja reunir as pessoas pela dança. Os participantes - pessoas de todas as idades e talentos - serão convidados a dançar frases de movimentos, inicialmente indicadas pela coreógrafa. Em seguida, movimentos serão sugeridos por cada integrante, formando novas seqüências. Cada vivência emprega uma música e temática, ligada às várias propriedades do movimento como quantidade de energia, partes do corpo, extensões e qualidades. Trata-se de um momento de festa, uma vivência comunicativa.

Coreografia e Coordenação: Célia Gouvêa
Célia Gouvêa - É formada pelo MUDRA de Maurice Béjart, em Bruxelas, Bélgica, onde foi co-fundadora do grupo CHANDRA (Teatro de Pesquisa de Bruxelas). Em 1974, em parceria com Maurice Vaneau, iniciou no Teatro de Dança Galpão, movimento renovador da dança. Conquistou prêmios da APCA, Governador do Estado e Apetesp em várias categorias. Primeira brasileira na área da dança a obter a Bolsa da John Simon Guggenheim Foundation, dos EUA.

15 de setembro de 2010 – quarta das 18h às 21h
Classificação livre, Entrada Franca
Local: Salão de Baile do Circolo Italiano
TD – Teatro de Dança
Avenida Ipiranga, 344 - Subsolo, Edifício Itália - São Paulo, SP, Brasil (Metrô República)
Telefone da bilheteria: 2189 2555 Informações: 2189 2557
fonte: canal aberto assessoria de imprensa (via e-mail)

Encontro de Cantadores Repentistas, Eva Furnari e Cia Trucks são destaques da programação das Bibliotecas de São Paulo nesta semana.

clique na imagem para ampliar

8 de set de 2010

O Púcaro Búlgaro - Direção de Aderbal Freire Filho - em Curitiba e Brasilia

clique na imagem para ampliar

O premiado espetáculo romance-em-cena O Púcaro Búlgaro, direção de Aderbal Freire Filho com grande elenco, faz apresentações dias 10, 11 e 12 de setembro no Teatro da CAIXA (Curitiba) - Rua Conselheiro Laurindo 280, Centro.
Para ler sobre a peça acesse http://www.caixacultural.com.br
Informações e reservas pelo telefone 2118-5111.
Ainda em setembro, nos dias 16 a 19, a peça fará apresentações no Teatro da CAIXA Brasília.
fonte: ney motta (via e-mail)

Palestra literária - SP

clique na imagem para ampiar

3 de set de 2010

Últimos dias para assistir espetáculo inspirado em Virginia Woolf - SP

“VIOLETAS MURCHAS ou QUALQUER COISA QUE A SENHORA QUISER”
é um espetáculo cênico que integra as linguagens da dança, do teatro e das artes visuais, inspirado na escritora Virginia Woolf. O espetáculo, interpretado pela Cia Viga, tem concepção e direção de Sônia Lopes Soares e tem apoio do Programa Municipal de Fomento à Dança - VII EDIÇÃO/2009. Sua temporada se encerra no dia 5 de setembro de 2010 no Viga Espaço Cênico, em São Paulo.

A escritora britânica é o ponto de partida na investigação de um movimento capaz de pluralizar as possibilidades do olhar. Um movimento entre contenção e extravasamento na busca pelo instante em que a solidez das coisas é suspensa e todos os arranjos se tornam possíveis.
Com cenário de Valdy Lopes Jn que sugere o esqueleto de uma caixa aberta e trilha sonora composta especialmente para o espetáculo por Erico Theobaldo, “Violetas Murchas, ou qualquer coisa que a senhora quiser" propõe um diálogo sobre a necessidade permanente de adequação. "Por meio de diferentes densidades e texturas, o espetáculo convida o espectador a refletir sobre a condição, sempre transitória, do mundo e das coisas”, diz Sônia sobre o trabalho.

"Meu próprio cérebro é para mim a mais inexplicável das máquinas - sempre zunindo, sussurrando, voando rugindo mergulhando, e depois se enterrando na lama. E por quê? Para que esta paixão?" [Virginia Woolf]

FICHA TÉCNICA
Concepção, direção e coreografia: Sônia Lopes Soares
Interpretes criadores: Guilherme Jorge, Luciana Paes, Sônia Lopes Soares e Tatiana Guimarães
Educação somática e técnica Gaga: Rodrigo Vieira
Cenografia: Valdy Lopes Jn
Iluminação: Lucia Chedieck
Figurino e programação visual: Adriana Hitomi
Trilha Sonora: Erico Theobaldo
Fotos: Fernando Pião
Produção: Cia Viga
Gestão cultural: Doble Cultura + Social

Violetas Murchas ou Qualquer Coisa Que A Senhora Quiser
Tempo de duração: 50 minutos
Classificação etária: 16 anos (contém cenas de nudez)
De: 30 de julho a 5 de setembro de 2010
Dias e horários: Sextas e Sábados: 21h, Domingos: 20h
Ingressos: R$ 5,00
Local: Viga Espaço Cênico - sala piscina - Rua Capote Valente, 1323 - Pinheiros - Próximo ao Metrô Sumaré - f. 11 3801-1843
Lotação da sala: 40 lugares
fonte: canal aberto (via e-mail)

2 de set de 2010

ESTE LADO PARA CIMA - ISTO NÃO É UM ESPETÁCULO da Brava Companhia se apresenta no MIRADA - Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas de Santos - SP

"Este lado para cima - Isto não é um espetáculo"

Um dos grupos mais promissores da geração de teatro de rua surgida nesta década em São Paulo mostra seu ponto de vista sobre a euforia econômica que o Brasil atravessa. Os habitantes de uma cidade recém surgida em nome da ordem e do progresso têm o sonho da felicidade abortado por uma crise financeira. Para combatê-la, as autoridades constroem o “mais avançado artefato da tecnologia humana”, a “Bolha”, que do céu vigiará tudo e a todos. O espetáculo que estreia em agosto discute com humor anárquico o poder do mercado e o controle exercido sobre as relações humanas. A Brava Companhia foi fundada na zona sul paulistana em 1998, com outro nome, e obteve mais repercussão pela consistência de linguagem ao ocupar espaços abertos ou não convencionais com a premiada montagem de A Brava (2008), um épico sobre a heroína Joana D’Arc.
Brava Companhia
Brasil / São Paulo

dramaturgia:
Brava Companhia
direção: Fábio Resende e Ademir de Almeida
elenco: Cris Lima, Débora Torres, Henrique Alonso, Joel Carozzi, Luciana Gabriel, Marcio Rodrigues, Rafaela Carneiro e Sérgio Carozzi

:: serviços
dia 3 de setembro
sexta 11h • Praça Mauá
dia 10 de setembro
sexta 16h • Boulevard da Rua XV de Novembro
em caso de chuva este espetáculo será transferido para o SESC Santos
duração: 1h
classificação indicativa: livre

Grátis

fonte: mirada

1 de set de 2010

Lobo da Siribeira une o primitivo e o moderno da música maranhense - MA

clique na imagem para ampliar
fonte: Célida (via e-mail)

Teatro da Vertigem discute Intervenções Artísticas em Espaços Públicos - SP

clique na imagem para ampliar

O Teatro da Vertigem realiza entre os dias 1º e 9 de setembro de 2010, em sua sede, o ciclo de palestras “Intervenções Artísticas em Espaços Públicos”. O evento traz profissionais de renome, como o arquiteto e crítico Guilherme Wisnik, o Grupo Bijari, a arquiteta e urbanista Evelyn Furquim Werneck Lima e o artista plástico Eduardo Srur. As palestras acontecem na sede do grupo (Rua Treze de Maio, 240 1º andar, Bela Vista, São Paulo) e contam com o patrocínio da Petrobrás, também patrocinadora oficial da companhia teatral.

Organizado por Antonio Araújo, diretor artístico do Teatro da Vertigem e professor do Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP, esse Ciclo de Palestras integra um processo de pesquisa e criação para conceber um novo espetáculo com previsão de estreia em 2011, e que terá como pano de fundo o bairro do Bom Retiro. Dentro desse processo, já foram realizados diversos seminários que abordaram assuntos relacionados à região, como imigração, trabalho e multiculturalismo.

O evento reflete o próprio histórico criativo do Teatro da Vertigem: uma investigação de espaços não-convencionais para a encenação de seus espetáculos, buscando um diálogo concreto com a cidade.

Por meio dos conhecimentos dos profissionais palestrantes de “Intervenções Artísticas em Espaços Públicos”, o Teatro da Vertigem pretende problematizar as práticas de intervenção urbana, trazendo para esse debate perspectivas oriundas das artes plásticas, arquitetura e urbanismo.


Programação do Ciclo de Palestras
INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS EM ESPAÇOS PUBLICOS

Antonio Araújo (organizador) Diretor artístico do Teatro da Vertigem e professor do Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP, onde leciona no Bacharelado de Direção Teatral (graduação), e também na pós-graduação. Além das montagens em espaços não-convencionais que dirigiu no Vertigem, foi convidado para ministrar cursos relativos a site specific e a intervenções e performances urbanas no Mestrado do International Performance Research (MAIPR), na Universidade de Amsterdam, na Holanda (2010); no Departamento de Estudos Teatrais da Universidade de Giessen, na Alemanha; no Cen tro de Especialización Teatral, na Bolívia, e na Association de Recherche des Traditions de l’Acteur (ARTA), na França (2009).

Dia 01/09/10 - Guilherme Wisnik (São Paulo, 1972) é arquiteto e crítico. Professor da Escola da Cidade, é formado pela FAU-USP, mestre em História Social pela FFLCH-USP, doutorando pela FAU-USP, e bolsista da FAPESP. Autor de Lucio Costa (Cosac Naify, 2001), Caetano Veloso (Publifolha, 2005) e Estado crítico: à deriva nas cidades (Publifolha, 2009), e organizador do volume 54 da revista 2G (Gustavo Gili, 2010) sobre a obra de Vilanova Artigas. Suas publicações também incluem o ensaio “Modernidade congênita”, em Arquitetura moderna brasileira (Phaidon, 2004), “Exercícios de liberdade”, em Marcos Acayaba (Cosac Naify, 2007), e “Hipóteses acerca da relação entre a obra de Álv aro Siza e o Brasil”, em Álvaro Siza modern redux (Hatje Cantz, 2008). É colaborador do jornal Folha de S. Paulo, e curador do projeto de Arte Pública Margem, pelo Itaú Cultural.

Dia 02/09/10 - Grupo Bijari (Geandre Tomazoni e Maurício Brandão) Formado por arquitetos e artistas em 1996, o BijaRi é um centro de criação de artes visuais, multimídia e arquitetura, localizado na região de Pinheiros. Ao desenvolver projetos em diversos suportes e tecnologias, o grupo propõe experimentações artísticas, sobretudo de caráter crítico. Intervenções urbanas, performances, instalações, vídeo-arte e design são meios para estabelecer possibilidades de vivências onde a realidade é amplificada. Desenvolvendo não somente a linguagem, mas, em muitos projetos, a plataforma que será utilizada, o grupo cria novas soluções para comunicação utilizando as mais diversas técnicas para impactar o público desejado. O BijaRi é reconhecido como um centro de vanguarda em criação audiovisual e referência no circuito artístico nacional e internacional.

Dia 08/09/10 - Evelyn Furquim Werneck Lima possui graduação em Arquitetura e Urbanismo (UFRJ-1968), mestrado em Artes Visuais (UFRJ-1988), doutorado em História Social (UFRJ-1997), com doutorado sanduiche na École des Hautes Études en Sciences Sociales (1994). É professora associada da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, onde coordena o Laboratório de Estudos do Espaço Teatral e Memória Urbana. É Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Bolsista da Capes no Pós-doutorado na Universidade de Paris X e na EHESS (2003). Atua principalmente nos seguintes temas: arquitetura teatral, arquitetura cênica, história do teatro, história da cidade e do urbanismo. É membro titular do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural e do Centre de Recherches Interdisciplinaires sur le Monde Lusophone. Autora dos livros premiados Arquitetura do Espetáculo (2000) e Avenida Presidente Vargas: uma drástica Cirurgia (1990 e 1995). Publicou Das vanguardas à tradição (2006) e organizou Espaço e Teatro (2008), Espaço e Cidade (2004 e 2007) e Cultura, Patrimônio e Habitação (2004) e acaba de lançar Arquitetura e Teatro: o edifício teatral de Andrea Palladio a Christian de Portzamparc (2010).

Dia 09/09/10 - Eduardo Srur começou sua trajetória como artista plástico com a pintura e, a partir de 2002, passou a investigar novas mídias como a fotografia, video, performance, instalação e, em especial, a linguagem de intervenção urbana. É conhecido por intervenções urbanas na cidade de São Paulo que questionam o sistema social e artístico de forma crítica e bem humorada. É criador de obras como ‘Âncora’, no Monumento as Bandeiras; ‘Touro Bandido’, na Cow Parade; ‘Pets’, no rio Tietê; e ‘Acampamento dos Anjos’, no Hospital da Mulher, em São Paulo, entre outras. Realizou trabalhos em espaços públicos e instituições culturais no Brasil e exterior. Participou de exposições na França, Suiça, Espanha, Holanda, Inglaterra, Alemanha, Itália e Cuba. Mora e trabalha em São Paulo."

FICHA TÉCNICA
Teatro da Vertigem
Direção Geral: Antônio Araújo
Co-direção: Eliana Monteiro
Desenho de luz: Guilherme Bonfanti
Atores: Luciana Schwinden, Roberto Audio e Sergio Siviero
Assessoria de Imprensa: Márcia Marques - Canal Aberto
Desenho Gráfico: Vânia Medeiros
Secretária: Luisa Pereira
Direção de Produção: Teatro da Vertigem e Henrique Mariano
Sede do Teatro da Vertigem
Rua Treze de Maio, 240 1º andar, Bela Vista, São Paulo
Horário: 19h30
Fone: 11 3255 2713 – Entrada Franca
Lotação: 50 lugares
Patrocínio do grupo: Petrobras
http://www.teatrodavertigem.com.br/

Uma Linda Quase Mulher volta aos palcos de São Luis - MA

clique na imagem para ampliar
“Uma linda Quase Mulher” é a grande pedida do feriadão, a peça de maior sucesso do Maranhão volta em cartaz nos dias 07 e 08 de setembro no Teatro Arthur Azevedo.

A Companhia Teatral Deixa de Bobagem surgiu em 1999 e a temática escolhida pela companhia foi de montar comédias. Com “Uma Linda Quase Mulher" a companhia se firmou como uma das mais atuantes da cidade neste gênero.

O espetáculo tem o humor criativo como característica, e, leva o público ao delírio com gargalhadas em quase duas horas de apresentação, se utilizando de interatividade e improviso. O espetáculo já foi visto por mais de trezentas mil pessoas, e a cada apresentação, temas novos e curiosos como assuntos políticos, do cotidiano, polêmicas locais e nacionais, são referencias para as improvisações dos atores.

Nesta temporada, talvez a ultima de 2010, a turma esta preparando algumas surpresas, para a data comemorativa um desfile de balizas para o Dia da Independência e homenagens ao aniversário de São Luis, aproveitando também o momento político que antecede as eleições, além de novos shows onde a platéia escolherá o melhor.

“Uma Linda Quase Mulher” em cartaz no Teatro Arthur Azevedo.
Quando: 07 e 08 de Setembro (Terça e Quarta ás 20:0h)
Contatos: 3275 1026/ 88593372
fonte: Erivelto Viana (via e-mail)