EVOÉ BACO!!!

BEM-VINDO AO BACANAL DAS ARTES!

UM CANAL PARA INTERAÇÕES, DISCUSSÕES, INDICAÇÕES DE TRABALHOS ARTÍSTICOS, CURIOSIDADES E AFINS...

COMENTEM E INTERAJAM!!!

ps: A imagem de apresentação do Blog foi criada por MARCIO BENVENUTO. Cada letra do nome do blog é formada por uma imagem corporal feita por dois artistas de nomes desconhecidos.

31 de jul de 2010

Leituras Dramáticas no Teatro da Vertigem


clique na imagem para ampliar

O projeto Leituras Dramáticas no Teatro da Vertigem, que acontece desde o mês de maio na sede do grupo, traz obras concebidas por autores consagrados, dirigidas por novos e promissores diretores. Neste fim de semana será reapresentada a leitura de "Fome de Notícia" de Evaldo Mocarzel, com a Direção de Maurício Perusi. E No próximo final de semana (07 e 08/08) será a vez da reapresentação da leitura de "A Guerra Santa" de Luis de Alberto de Abreu, sob direção de Maria Emilia Faganello.

Segue sinopses abaixo:

Fome de Notícias

Um casal de classe média exorciza o tédio e a crise do casamento nas tragédias cotidianas dos jornais.

Ficha Técnica
Autor: Evaldo Mocarzel
Direção: Maurício Perussi
Atores e Personagens: Marco Biglia: Homem, Sofia Boito: Mulher, Francisco Lauridsen: Contra-regra
Iluminação: Grissel Pinguilin
Sonoplastia: Miguel Caldas
Cenografia: Amanda Antunes


A Guerra Santa

Dante e Virgílio, heróis inspirados no épico italiano A Divina Comédia, antes amigos de ideais e de ação se encontram vinte anos depois. Dante vem para matar Virgílio, mas antes ambos relembram passagens de suas lutas, para um acerto de contas sobre seus ideais, os métodos que utilizaram e o que foi feito de sua luta. Num convite à sonoridade, A Guerra Santa é escrito em linguagem poética, brincando entre versos livres e decassílabos.

Ficha Técnica

Autor: Luís Alberto de Abreu
Direção: Maria Emilia Faganello
Atores: Flávia Teixeira – Integrante do Coro, Luciana Schwinden – Beatriz, Luiz Paulo Pimentel – Espírito de Virgílio e integrante do coro, Ulisses Alexandre – Virgílio, Sérgio Siviero – Dante
Iluminação: Grissel Pinguilin
Sonoplastia: Miguel Caldas
Cenografia: Amanda Antunes

Sede do Teatro da Vertigem
Dias 31 de julho e 01 de agosto - Fome de Noticia
Dias 7 e 8 de Agosto - Guerra Santa
às 20h – Entrada Franca
Rua 13 de maio, 240, 1º andar. Bela Vista
infos: 11 - 3255-2713
Lotação: 50 lugares
fonte: teatro da vertigem

Procura-se autores sacanas

clique na imagem para ampliar

30 de jul de 2010

18º ANIMA MUNDI até domingo em São Paulo - IMPERDÍVEL!!!

Promo Anima Mundi 2010 from Anima Mundi on Vimeo.

O Evento, que começou na última quarta-feira, depois de ter passado pelo Rio de Janeiro, reúne 452 filmes, oficinas gratuitas e debates.

Um dos três maiores eventos de animação do mundo e o maior do hemisfério sul, o Anima Mundi já exibiu 5.927 filmes e levou quase 1 milhão de espectadores às salas de cinema, oficinas, debates e workshops que promoveu. A longevidade do festival é garantida pelo patrocínio da Petrobras, parceira do evento há 13 anos, e também pelo Banco do Brasil e a Oi.

O Anima Mundi 2010, que se inciou no dia 28 de julho em São Paulo, segue até o dia 01 de agosto, no Memorial da América Latina e no CCBB-SP. Para esta edição, os diretores receberam mais de 1500 inscrições e selecionaram 452 filmes, de lugares como França, Alemanha, Austrália, Israel, Polônia, Argentina, Taiwan, Letônia, Coréia do Sul, Finlândia, Rússia, Singapura e China, além da estreante República da Macedônia. O país com maior número de obras é o Brasil, com 108 títulos.

Os pioneiros e hoje tradicionais concursos online Anima Web e Anima Celular estão agora unificados em um só. O Anima Mundi Web & Cel tem duas categorias este ano: 'Tema geral' e '18 anos'. O artista escolhido para assinar o cartaz, a logo e toda a programação visual desta edição é o animador brasileiro Alê Abreu, presença constante no Anima Mundi, onde também lançou seu primeiro longa-metragem, 'O Garoto Cósmico', em 2007.

A edição 2010 do Anima Mundi vai trazer ao Brasil Stephen Hillenburg, criador do personagem-fenômeno Bob Esponja, exibido em dezenas de países e responsável por movimentar milhões de dólares com direitos e licenciamentos mundo afora. Ele contará um pouco da história da animação - criada de forma despretensiosa por ele, um ex-professor de Biologia Marinha - e exibirá vídeos exclusivos do personagem.

Jordi Grangel, co-diretor do estúdio Grangel, em Barcelona, dará uma Master Class sobre a criação de personagens, adereços, figurinos, cenários e esculturas de um de seus trabalhos mais celebrados, o longa 'A Noiva Cadáver', dirigido pelo americano Tim Burton.

Consulte a programação on line do Anima Mundi.

fonte: Anima Mundi

26 de jul de 2010

Em comemoração aos 25 anos, LUME Teatro leva espetáculos, demonstrações técnicas, exposição, palestras e workshops ao TUCA


Por uma semana, entre 26 de julho e 1º de agosto, o LUME Teatro irá transferir sua sede do distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP), para o TUCA (Teatro da Universidade Católica), em São Paulo. Isso porque o grupo – que também funciona como núcleo de pesquisa da Unicamp e é referência internacional no desenvolvimento de técnicas para atores – vai realizar a CASA LUME, projeto de residência teatral itinerante, que leva espetáculos e atividades de formação para diferentes públicos e promove intercâmbio com artistas e grupos locais.
O projeto vai marcar as comemorações dos 25 anos do LUME e dos 45 anos do TUCA e pretende reunir interessados de várias partes do Brasil – algo que já acontece nos Cursos de Fevereiro, ministrados todos os anos pelos atores do grupo.

Segue abaixo a programação completa:

DIA 26/7 (SEGUNDA-FEIRA)

19h – Abertura da CASA LUME, com toda a equipe do LUME Teatro, com a exposição de fotos “Singularidades Plurais”, de Adalberto Lima, e da instalação “Fluxolume”, da artista plástica Juliana Pfeifer. Local: Tucarena ENTRADA FRANCA (por ordem de chegada)

DIA 27/7 (TERÇA-FEIRA)

15h – Palestra com Ricardo Puccetti e exibição do documentário “Hotxuá”, de Letícia Sabatella e Gringo Cardia. Local: Auditório Superior. ENTRADA FRANCA

19h – Demonstração técnica/master class: “Anjo Ridículo – O palhaço e seus elementos”, com Ricardo Puccetti. LOCAL: Tucarena. Entrada: R$ 5,00

DIA 28/7 (QUARTA-FEIRA)

15h – Exibição de documentários e curtas-metragens sobre Mímesis Corpórea. Local: Auditório Superior. ENTRADA FRANCA

19h – Demonstração técnica: Mímesis Corpórea e a Poesia do Cotidiano. Local: Tucarena. Entrada: R$ 5,00

DIA 29/7 (QUINTA-FEIRA)

15h – Palestra: Corpo em Arte, com Renato Ferracini. Local: Auditório Superior. ENTRADA FRANCA

19h – Demonstração técnica: Em busca do invisível, com os atores do LUME. Local: Tucarena. Entrada: R$ 5,00


Dia 30/7 (SEXTA-FEIRA)

16h – Apresentação de rua dos alunos do workshop O ator na rua. Local: entorno do TUCA. Apresentação gratuita

18h – Palestra: 25 anos de produção teatral, com Cynthia Margareth e Pedro de Freitas. Local: Auditório Superior. ENTRADA FRANCA

21h – Apresentação do espetáculo: “Cravo, Lírio e Rosa”. Local: TUCA. Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00


DIA 31/7 (SÁBADO)

15h – mostra de pequenas cenas desenvolvidas no workshop de Mímesis Corpórea. ENTRADA FRANCA

21h – Apresentação do espetáculo: “O que seria de nós sem as coisas que não existem”. Local: TUCA. Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00


DIA 1/8 (DOMINGO)

20h – Apresentação do espetáculo “Shi-zen, 7 Cuias”. Local: TUCA. Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00


Os ingressos para os espetáculos estão à venda na bilheteria do TUCA e no site http://www.compreingressos.com/ ou (11) 2626-0938.
O TUCA fica na Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes, (11) 3670-8455
fonte: Lume teatro

Sr. Fox - espetáculo teatral com máscaras balinesas estréia no Rio (RJ)

clique na imagem para ampliar

Inspirado num conto do folclore inglês, o espetáculo “Sr. Fox” é um conto de fadas para adultos. Para contar a história deste “barba azul” primitivo, a Cutelaria de Teatro traz à cena a máscara balinesa. Os personagens lendários e seus dilemas morais, que são característicos nos espetáculos de máscara em Bali, estão presentes nessa trama ocidental. Nessa fusão ocidente-oriente, o espetáculo encontra a sua contemporaneidade.
Para maiores informações clique na imagem acima.
Elenco: Ludmila Wiscahnsky, Ricardo Damasceno, Feranado Lopes e Breno Primo de Melo
fonte: Ludmila Wiscahnsky

23 de jul de 2010

Teatro: Palita no Trapézio (Slz-MA)

clique na imagem para ampliar

Xamãs, artesãos e mestres da cultura popular serão professores da UnB - inovação e tradição popular

Benki Ashaninka - Presidente do Centro Saberes da Floresta (Yorenka Ãtame), do Povo Ashaninka (AC).
(Foto: Pedro França/MinC)
Benki Pianko é um grande especialista brasileiro em reflorestamento. Maniwa Kamayurá conhece em detalhes as técnicas de construção indígena. Lucely Pio é capaz de identificar com precisão qualquer planta do cerrado. Mas o conhecimento de nenhum deles veio das salas de aula. Eles aprenderam o ofício com o avô, com a avó, com o pai, com a mãe. E passam sua sabedoria aos mais novos, aos filhos, aos netos. Agora, vão ensinar o que aprenderam também aos alunos da Universidade de Brasília.
Benki, Maniwa e Lucely serão professores de uma disciplina de módulo livre que deve ser inaugurada no próximo semestre: Artes e Ofícios dos Saberes Tradicionais. Benki, que é mestre do povo indígena Ashaninka, no Acre, Maniwa, pajé e representante dos povos indígenas do Alto Xingu e Lucely, mestre raizeira da Comunidade Quilombola do Cedro, em Goiás, vão passar adiante o conhecimento acumulado durante mais de um século nas comunidades onde cresceram e vivem até hoje. Benki e Maniwa são xamãs indígenas, líderes espirituais com funções e poderes ritualísticos. Lucely é mestre quilombola.

Além deles serão também professores da nova disciplina Otávionilson Nogueira dos Santos, que domina os métodos de fabricação de embarcações tradicionais maranheneses, e Biu Alexandre, mestre do Cavalo Marinho Estrela de Ouro de Condado, um dos tradicionais grupos folclóricos da Zona da Mata pernambucana, que reúne teatro, dança, música e poesia.

A criação da disciplina, que deve ter carga semanal de seis horas e depende ainda de aprovação do Decanato de Ensino de Graduação, faz parte de um projeto de introdução dos saberes tradicionais na universidade. Um modelo de universidade que Darcy Ribeiro sonhou.

O criador da UnB imaginava uma instituição moderna, que não fosse só fonte de criação científica, mas de encontro de culturas, de produção artística e cultural. “Queremos promover um diálogo, uma troca de conhecimentos" , explica o professor José Jorge de Carvalho, do Departamento de Antropologia. "Os mestres que aqui estarão tem um modo de construir saberes que leva em conta não só o pensar, que é característico da cultura das universidades, mas também o fazer e o sentir”, completa o professor.

AVANÇO - O professor José Jorge destaca, no entanto, que a introdução dos saberes tradicionais não é uma negação da forma utilizada pelas universidades de produzir e transmitir conhecimento. “Pelo contrário. É uma soma. Sabemos coisas que os mestres tradicionais não sabem, assim como eles sabem muito do que não conhecemos. A universidade pode ser muito mais rica do que é”, acrescenta.

O diretor do Departamento de Antropologia, Luís Roberto, lembra que a criação de disciplinas de módulo livre, que permitem aos alunos contato com um conhecimento totalmente fora de sua área, foi um avanço. "E colocar os mestres frente a frente com os alunos e ao lado dos professores é uma proposta ainda mais radical, mas fundamental para ampliar horizontes", comenta.

Para Nina de Paula Laranjeira, diretora de Acompanhamento e Integração Acadêmica do Decanato de Ensino de Graduação, a iniciativa por si só já demostra uma mudança nos modos de pensar. "Precisamos superar o paradigma de que o conhecimento está limitado à comprovação científica", afirma.
fonte: Joãozinho Ribeiro via e-mail e UnB

Show Divinossauro no Bar Odeon (Slz)

Clique na imagem para ampliar


Trecho do show "Divinossauro" no bar Odeon em São Luís - MA.

16 de jul de 2010

Festival "Amazônia Encena na Rua" recebe grupos de teatro de rua de todo o Brasil

*Espetáculo teatral: "A Carroça É Nossa" - Grupo Xama Teatro (São Luis-MA)


O grupo de teatro O Imaginário dirigido pelo ator Chicão Santos, promove entre os dias 19 a 25, deste mês em Porto Velho , a 3ª edição do Festival de Teatro de Rua “Amazônia Encena na Rua”. O evento vai oferecer à população uma programação com 23 atrações dentre espetáculos e performances gratuitas que acontecerão na Praça das Caixas D’água, totalizando 17 grupos de teatro de todo o Brasil.
As Oficinas de Teatro oferecidas gratuitamente durante o Festival acontecerão nos dias 21 a 24 de julho, no período das 9h00 às 12h00, na Casa da Cultura Ivan Marrocos. São cinco opções: “Produção cultural”, ministrada por Leo Carnevale (RJ); “Pedagogia do ator”, ministrada por Ana Carneiro (MG); “Performances urbanas”, com Mara Leal (MG); “Desenvolvimento do teatro cubano”, com Victor Pietro (Cuba) e “Viewpoints e espaço urbano”, com o Coletivo Teatro da Margem (MG). Para se inscrever basta enviar um e-mail para oimaginarioro@yahoo.com.br com os dados (nome, telefone e oficina escolhida).
O Festival Amazônia Encena na Rua é patrocinado pela CAIXA e tem o apoio da FUNARTE, da Prefeitura de Porto Velho/Fundação Iaripuna, SESC-RO e SECEL/Casa da Cultura Ivan Marrocos.

Além do Festival Amazônia Encena na Rua, O Imaginário apresenta também, nos dias 16, 17 e 18 de julho, o Seminário Amazônico de Teatro de Rua, que vai discutir a relação do teatro, do público e da cidade, políticas públicas, o ensino e a estética do teatro de rua; e o Festival de Dança, que reunirá 20 grupos e companhias de dança de Rondônia, Acre e Amazonas, com os espetáculos acontecendo na Praça Aluízio Ferreira, de 21 a 25 de julho. Também serão oferecidas Oficinas de Dança gratuitas: “Corpo sem limite”, com Regina Cláudia (AC) e “Dança Vertical”, com Diego Batista (AM).

O Seminário Amazônico de Teatro de Rua foi selecionado pelo Prêmio Funarte Myrian Muniz de Fomento ao Teatro e o Festival de Dança foi selecionado pelo Prêmio Funarte Klauss Vianna de Fomento à Dança de 2009.

PROGRAMAÇÃO

DIA 19
18h – Apresentação de Performance e Cortejo de abertura do Festival
Encontro de Mestres com a participação especial de Amir Haddad, do Grupo Tá Na Rua (RJ).
19h – “Desafio de Fião e Fiota” - Cia Theresa João – Cuiabá (MT)
20h – “O Dilema do Paciente” - Grupo manjericão – Porto Alegre (RS)
21h – “FABULÁRIO BRASIL – CANTO, PROSA E TAMBOR” - Os Tawera – Palmas (To)

DIA 20
15h – Demonstração de trabalho do Grupo Tá Na Rua (RJ), com Amir Haddad.
Local: Teatro Um do SESC Esplanada.
18h – “Colombina” - Cia Será o Benitido?!- Rio de Janeiro (RJ)
19h – “Pulitrica” - Leo Carnevale – Rio de Janeiro (RJ)
20h – “Coração de Menino” - Os Tawera – Palmas (TO)
21h – “Hoje Sou Um, Amanhã Serei Outro” - Cia Vitória Régia – Manaus (AM)

DIA 21
19h – “Limpador de Placas” - O Imaginário – Porto Velho (RO)
20h – “Locomotiva de Histórias” - Cia Theresa João – Cuiabá (MT)
21h – “Fio de Pão, a Lenda da Cobra Norato” - In Bust Teatro de Bonecos – Belém (PA)

DIA 22
19h – “O cavaleiro Perfumado” - Grupo Locombia – Boa Vista (RR)
20h – “Ao Divagar Se Vai ao Longe e de Bicicleta Mais Ainda...” - Cia UmPédeDois – Porto Alegre (RS)
21h – “A Chegada de Marcolino no Purgatório” - Ói Nóiz Aqui Traveiz – Macapá (AP)

DIA 23
19h – “O Homem Banda” - Cia UmPédeDois – Porto Alegre (RS)
20h – “Se Ao Menos Eu Pudesse Ver o Sol” - Grupo Sentidos – Porto Velho (RO)
21h – “A Menina e o Palhaço” - Grupo do Palhaço Tenorino – Rio Branco (AC)

DIA 24
18h – “Compasso em Silêncio” - Grupo Locombia – Boa Vista (RR)
19h – “Dados Variáveis” - Cia Será o Benitido?!- Rio de Janeiro (RJ)
20h – “Quem É o Rei?” - Grupo do Palhaço Tenorino – Rio Branco (AC)
21h – “A Megera – Domada?” - Grupo Autônomos de Teatro (alunos do 8º período de Teatro/UFU) – Uberlândia (MG)

DIA 25
18h – Performances: “Das Cadeiras” e “Corpos que Ficam” - Coletivo Teatro da Margem – Uberlândia (MG)
20h – “Tira a Canga do Boi” - Grupo Raízes do Porto – Porto Velho (RO)
21h – “A Carroça É Nossa” - Grupo Xama – São Luís (MA) *
Espetáculo de rua baseado na cultura nordestina-maranhense. Suas personagens, pregoeiros da alegria, brincam com cantigas, adivinhas, trava-línguas e contam lendas: Catirina e Pai Francisco, Ana Jansen, Serpente Encantada e Lenda do Boi.

Acesse o site http://www.oimaginarioro.com.br/

15 de jul de 2010

Mais uma charge do Alpino: Senado Argentino aprova casamento gay

Depois de cerca de 14 horas de debate, o Senado argentino aprovou o projeto de lei por 33 a 27 votos e três abstenções. A Argentina é o primeiro país latino-americano a permitir a união entre pessoas do mesmo sexo.
fonte: Yahoo

Biografia de Emilio Di Biasi é lançada em livro (SP)

clique na imagem para ler ampliado
fonte: SP Escola de teatro

14 de jul de 2010

Novo clipe do Iron Maiden

A banda britânica Iron Maiden divulgou nesta terça-feira (13) em site oficial o vídeo da faixa-título do novo álbum, The Final Frontier. O clipe é uma versão reduzida de "Satellite 15 ... The Final Frontier" e o disco tem previsão de lançamento para o dia 16 de agosto.
O clipe tem direção de Nick Scott Studios e foi produzido pela Darkside Animation Films, responsável pelos efeitos especiais de filmes como "Perdidos no Espaço", "Gladiador" e "Falcão Negro em Perigo". No vídeo, o famoso mascote da banda, Eddie, aparece em uma nova versão alienígena.
O álbum também sairá em uma edição limitada de colecionador com o clipe completo, entrevista com a banda, fotos e um game do Iron Maiden.

Veja abaixo o clipe

The Final Frontier - Director's Cut

Iron Maiden MySpace Music Videos
fonte: Yahoo notícias

13 de jul de 2010

Hoje é Dia do Rock (13 de julho)

Neste Dia mundial do Rock, uma homenagem a Cazuza, grande poeta do rock nacional.

No último dia 07, ao completar 20 anos da morte de Cazuza, morre Ezequiel Neves, produtor, compositor e principal parceiro musical de Cazuza.

Prêmio Shell de Teatro divulga indicados do 1º semestre de 2010

A Shell acaba de anunciar a lista dos indicados da 23ª edição do Prêmio Shell de Teatro, referente às peças que estrearam no primeiro semestre do ano. Para cada edição, são divulgadas duas listas de indicados. Os espetáculos selecionados nesta primeira fase estrearam entre janeiro e junho de 2010 e completaram o número mínimo de apresentações para serem elegíveis (nesse caso, 24).

Os vitoriosos de cada categoria receberão uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni, com a forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

Criado em 1989, o Prêmio Shell de Teatro é ponto de referência nos palcos brasileiros. Ele é oferecido aos maiores destaques do ano, no Rio de Janeiro e em São Paulo, separadamente, em nove categorias — Autor, Diretor, Ator, Atriz, Cenografia, Iluminação, Música, Figurino e Categoria Especial.

Confira os indicados do 1º semestre ao 23º Prêmio Shell de Teatro de SP:

Autor:
Francisco Carlos por “Namorados da catedral bêbada”
Leonardo Moreira por ”Escuro“

Direção:
Leonardo Moreira por “Escuro”
Rodoldfo García Vázquez por “Hipóteses para o amor e a verdade”
Zé Henrique de Paula por “Side Man”

Ator:
Fulvio Stefanini por “A grande volta”
Lee Thalor por “Policarpo Quaresma”
Otávio Martins por “Side man”

Atriz:
Ana Lucia Torre por “Seria cômico se não fosse sério”
Luciana Paes por “Escuro”

Cenário:
Jean-Pierre Tortil por “Side Man”
Marisa Bentivegna e Leonardo Moreira por “Escuro”

Figurino:
Rosângela Ribeiro por “Policarpo Quaresma”
Theodoro Cochrane por “Escuro”

Iluminação:
Beto Bruel por “Cinema”
Juliana Galdino e Wagner Antônio por “H.A.M.L.E.T.”

Música:
Fernanda Maia por “Lamartine Babo”
Pedro Paulo Bogossian por “Nara”

Categoria especial:
Karin Rodrigues pelo encaminhamento e socialização do acervo pessoal de
Paulo Autran a instituições culturais.
Luiz Päetow pela concepção e pesquisa do espetáculo “Abracadabra”


Confira a lista completa de indicados ao 23º Prêmio Shell de Teatro do RJ:

Autor:
Denise Crispun e Melanie Dimantas por “A carpa”
Jô Bilac por “Savana glacial”

Direção:
Christiane Jatahy por “Corte seco”
Gilberto Gawronski por “Dona Otília e outras histórias”
Inez Viana por “As conchambranças de quaderna”

Ator:
Alexandre Schumacher por “Vicente Celestino – a voz orgulho do Brasil”
Roberto Bomtempo por “Tomo suas mãos nas minhas”

Atriz:
Miriam Freeland por “Tomo suas mãos nas minhas”
Totia Meireles por “Gypsy”

Cenário:
Fernando Mello da Costa e Rostand Albuquerque por “Tomo suas mãos nas minhas”
Helio Eichbauer por “Caderno de memórias”

Figurino:
Claudio Tovar por “A gaiola das loucas”
Marcelo Pies por “Gypsy”

Iluminação:
Maneco Quinderé por “Tomo suas mãos nas minhas”
Tomás Ribas por “Rock Antygona”

Música:
Marcelo Alonso Neves por “As conchambranças de quaderna”
Roberto Bürgel por “No piano da patroa”

Categoria especial:
Flavio Salles e Janice Botelho pela remontagem, adaptação e criação das coreografias de “Gypsy”
Gaspar Filho pela preparação de esgrima no espetáculo “A marca do Zorro”


fonte: Shell Brasil

12 de jul de 2010

Bate-papos on line sobre o fazer artístico

Georgette Fadel, atriz e diretora, integrante da Cia São Jorge de Variedades

Promovido pela SP Escola de Teatro, os bate-papos on line, "têm por objetivo a discussão e a reflexão sobre o fazer artístico em suas variadas formas e especificidades. Um momento informal que ultrapassa as fronteiras territoriais, abrindo espaço para a participação de artistas e pensadores de arte do Brasil”, afirma Thiago Leite, assessor da Coordenação dos Cursos de Difusão Cultural.
Todas as quintas-feiras, às 16h, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco organiza bate-papos com profissionais que dividem com o público suas vivências no meio cultural/teatral.

Confira a programação:

15/07
Georgette Fadel
O Ofício do Ator

22/07
Luis Alberto de Abreu
O Papel do Dramaturgo no Processo Colaborativo.

Para participar, basta acessar o site da SP Escola de Teatro as quintas-feiras das 16h as 17h. Não é necessário inscrição antecipada.
Fonte: Coxia - Informativo Semanal da SP Escola de Teatro