EVOÉ BACO!!!

BEM-VINDO AO BACANAL DAS ARTES!

UM CANAL PARA INTERAÇÕES, DISCUSSÕES, INDICAÇÕES DE TRABALHOS ARTÍSTICOS, CURIOSIDADES E AFINS...

COMENTEM E INTERAJAM!!!

ps: A imagem de apresentação do Blog foi criada por MARCIO BENVENUTO. Cada letra do nome do blog é formada por uma imagem corporal feita por dois artistas de nomes desconhecidos.

12 de abr de 2011

A Invasão, de Dias Gomes, em cartaz no Teatro Commune - SP


A INVASÃO, de Dias Gomes, em cartaz no Teatro Commune


Final dos anos de 1950, Rio de Janeiro. Um edifício em construção é invadido por integrantes de um grupo de sem-teto no local que ficou conhecido como “Favela do Esqueleto”. Esse é o contexto de A INVASÃO, texto de Dias Gomes, que ganha nova montagem pelas mãos do diretor Antonio Netto, da Cia. das Artes. A estreia acontece dia 02 de abril de 2011 no Teatro Commune (Rua da Consolação, 1218). A obra foi encenada pela primeira vez em outubro de 1962 e é baseada em fatos reais. Texto dos mais polêmicos das obras de Dias Gomes, A Invasão estreou em 1962, sendo proibido pelo AI-5 seis anos depois, ficando engavetado até 1978. O espetáculo um drama intenso e amargo. O autor investiga causas e conseqüências dos nossos problemas sociais numa linguagem despojada e contundente e aponta soluções drásticas num país onde impera a desigualdade social e vive de politicagem. Integrantes do elenco realizaram um processo de imersão para ajudar na composição dos personagens: eles visitaram prédios ocupados por sem-teto no centro da cidade de São Paulo e viram de perto a situação das famílias que ocupam estes imóveis. Em uma dessas construções, 150 pessoas moram de forma precária, com iluminação conseguida à base de “gatos” e um único banheiro para todos os moradores. Antes da ocupação, o prédio estava infestado de pulgas e era utilizado como abrigo para moradores de rua e ponto de consumo e tráfico de drogas. “Moradores de prédios vizinhos classificavam o prédio como uma verdadeira cracolândia vertical”, explica um dos atores.


O espetáculo


A marca registrada de Dias Gomes pode ser percebida já a partir da concepção do espetáculo. É dividida em cinco quadros e um ato, uma característica muito peculiar do autor em seus textos teatrais. “Ele escrevia desta forma porque gostava de explicar com minúcia a narrativa ao espectador. Isso é algo que ele trouxe de sua atividade como autor de novelas”, explica o diretor Antonio Netto. Segundo o diretor, a cenografia de A Invasão é composta por barras de ferro, que, de forma eclética, podem se transformar em andares de um prédio em construção, casas ou varais. A peça é uma espécie de crônica ao Brasil depois de 1964. Dias Gomes quer alertar o povo da necessidade de ser independente. Seu teatro não busca divertir os burgueses. Compõe um painel da vida dos segmentos excluídos da sociedade, com seus sofrimentos e lutas, com a presença constante da opressão e o difícil processo de tomada de consciência de suas próprias condições. É um teatro de revolta, de amargura.



A Invasão Texto: Dias Gomes Direção Geral: Antonio Netto Preparação de ator: Jair Aguiar Assistência de direção: Camilla Flores Estagiário: Guilherme Trindade Elenco: Paulo Pompéia (ator convidado), Camilla Flores (atriz convidada), Leandro Rossato, Manuella Lima, Douglas Parente, Paloma Santos, Pelcy Leal, Kayque Marques, Fabio Marin, Guilherme Trindade, Wesley Keri, Daiane Oliveira, Paulo Baptista, Alicéia Freire, Ana Carolina Barreto, André Vaz Carias, Bianca Cardenas, Bruno Laforgia, Caroline Rocha, Claudinéia Barros, Daniely Mendes, Diego Lukiantchuki, Douglas Fonseca, Evandro Amorim, Francisco Amora, Guilherme Silva, Hebert Hildo, Hellen Caroline, Kaio Felipe , Lucas Alves, Manoel Costa,Marina Saito, Paulo Henrique Ferreira, Priscila Gonçalves, Renata Fássio, Valdívia Porto, Valéria de Paula, Vitória Souto. Serviço Temporada: 02 de Abril a 01 de Maio de 2011


Horários: Sábados às 19h e Domingos 18h Local: Teatro - Rua da Consolação, 1218 - Estacionamento ao lado Telefone: 3476-0792 (informações e reservas) Lotação: 85 lugares Duração: 80 minutos Recomendação: 12 anos Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia entrada) e R$ 15 (antecipado) A bilheteria será aberta uma hora antes do espetáculo. fonte: Canal Aberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Participe! Interaja!